Deep in the meadow, under the willow, a bed of grass, a soft green pillow.

Segunda-feira, 30 de Julho de 2012

Irmã.

Lembro-me que o meu sonho era ter uma irmã. Não irmão, como já tenho um, mas sim irmã. Alguém a quem pudesse fazer penteados, alguém com quem eu pudesse brincar às bonecas. Quando a tive, já não tinha idade para bonecas. Mas tenho ainda idade para lhe fazer penteados, passar-lhe a mãozinha nos seus cabelos dourados e encaracolados e de lhe dar todos os beijinhos possíveis.

Oh, como eu me recordo da primeira vez que a vi. Deitada naquela pequena cama, a dormir que nem um anjinho com a mão encostada na sua face. Só lhe faltavam as asas. Agora cresceu e deixou de ser anjo. Por pior que isto pareça, virou o contrário disso! Agora grita, chora e berra por toda a casa. Faz-me a vida negra e puxa-me os cabelos. Nada como alguma vez sonhei, mas tudo o que eu quero agora para sempre.

Seja em que idade for, eu irei sentir o maior dos amores por ela. E sempre a lembrarei como aquela bebé com a mãozinha mais pequena e frágil, que me agarrou no dedo quando, pela sua pele, só lhe passavam uns dias. Tenha a idade que tiver, será para sempre a minha confidente. Alguém com quem eu posso andar chateada, mas sei que não será por muito tempo. Irmã, é assim que ela o é. É a irmã que eu sempre quis e que, à três anos, eu a tive. Parabéns à minha menina linda, que faz hoje 3 anos. 

uma filosofia de agnes hope às 01:35
link | comentar | ver comentários (18) | favoritos?
Sexta-feira, 13 de Julho de 2012

Too much.

Isto não é suposto ser motivo algum de um tag 'filosofias'. Isto é um post para um tag 'estupidez'.

Às vezes tenho aquela sensação de que ainda é possível, se eu me esforçar um pouco mais. Com um pouco mais de flirt, de conversa e de sorrisos. Só com um pouco mais de sinceridade. Outras, tenho a sensação que isto é errado. Aliás, o unkissed pertence a alguém. A alguém melhor que eu. É errado. Mesmo que não façamos nada... é errado, porque eu vejo isso de forma errada. E vejo que ele sofre por isso, até ele já mo disse, que sofria por ela. Mas não consigo matar o bichinho dentro do meu coração que faz com que eu, todos os dias, queira estar com ele.

Esta semana já foi de mais... já foram demasiadas as vezes que ele veio ter comigo, demasiadas as vezes que eu lhe sorri, demasiadas as vezes que ele me sorriu. Não lhe devia ter pedido algo dele emprestado, ele não o devia ter feito, e não devia fazer com que ele viesse ter comigo ao meu prédio. Ele pertence a alguém, alguém melhor. Alguém que o tem. A única coisa que eu tenho a necessidade de fazer é retirar-me... afastar-me. Mas é demasiado difícil, já o tentei e olhem no que deu...

uma filosofia de agnes hope às 22:52
link | comentar | ver comentários (15) | favoritos?
Terça-feira, 10 de Julho de 2012

Dois shots para anestesiar o coração.

Não é atracção física, nem amor psicológico. É fumo da alma que se desvanece à volta do meu corpo. É amor físico, é atracção psicológica. É aquilo que me dás e me foge por entre os dedos. O decifrar da tua linguagem corporal enquanto dois shots se prolongam pelos nossos corpos. É sem ser sentido. São dois shots para anestesiar o coração.

separadores:
uma filosofia de agnes hope às 22:55
link | comentar | ver comentários (13) | favoritos?

nos favoritos

pulso

Não existe altura inalcan...

eram jogos

Naufrago

chama-lhe sorte

é.

No fundo.

(onze)

em treze palavras

O chão que pisas sou eu.

entertainment

metade são coisas impossíveis; 101 coisas em 1001 dias

dossier

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

separadores

bitches

blogs

cartas

challenge

estúpido

família

férias

filosofias

hunger games

images

inspira-me

jennifer lawrence

josh

movies

músicas

quotes

school

sem interesse

sobre mim

tumblr

todas as tags

de quem fala comigo

«e tu principalmente estas a ser um anjo do meu blog» - lhuna / «eu gosto de ti, sendo tu normal ou não.» - marie

networks

listography; tumblr; twitter; formspring; goodreads; mahogany - blogspot;

theme by ariana